Iniciativa
Coordenao Pedaggica
PRECONCEITO | voltar
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
  • Preconceito
projeto
Preconceito
RESUMO

A pesquisa com o tema preconceito foi realizada com uma amostra de 80 pessoas da comunidade de Igara, sendo 35% adultos, 41% adolescentes e 24% jovens. A maioria dos entrevistados definiu preconceito como discriminação a alguém por ser diferente.

Os adolescentes são os que declararam mais terem sofrido algum tipo de preconceito (44%), seguido dos adultos (40%) e dos jovens (33%).

Sobre o tipo de preconceito a que foi submetido, a maior incidência foi a forma de falar: 15% dos adolescentes, 14% dos adultos e 8% dos jovens escolheram essa opção; a segunda opção escolhida foi a pouca condição financeira e a terceira opção foi a religiosa. A grande maioria dos entrevistados não respondeu, ou não soube responder a essa pergunta: jovens 72%, adolescentes 59 e adultos com 57%.

Quando se pergunta se a população de Igara é preconceituosa, a maioria dos entrevistados dizem que sim: 73% adolescentes afirmam que os Igaraenses são preconceituoso seguido de 66% de adultos e de 63% dos jovens.

Com relação ao casamento entre pessoas do mesmo sexo os jovens foram os que mais afirmaram ser indiferente ou vê com naturalidade, só 8% destes acham inaceitável, seguido por 22% dos adolescentes que acham inaceitável esse tipo de união. Já os adultos são os que mais condenam tal união: 43% dos respondentes adultos.

Quando perguntado qual religião que sofre mais preconceito, os adolescentes praticamente dividiram-se: 49% responderam candomblé e 46% responderam evangélicos, enquanto que a maioria dos adultos (65%) e a maioria dos jovens (54%) disseram ser os evangélicos, os que mais sofrem preconceito.

Em relação a qual espaço as pessoas com alguma deficiência mais sofre preconceito, o mais apontado pelos jovens foi a escola (42%), já 72% adolescentes e 66% dos adultos optaram por responder que a rua é o local que mais discrimina pessoas com deficiência.

 
COMENTAR | 
preciso estar logado para comentar
NUCLEO Senhor do Bonfim / BA
ano
2008 (+)
tema
escola
professor
autores
Ensino Mdio: 1 (+)
disciplina
Cincias (+)
ARQUIVOS
clique nos links abaixo para fazer o download
Outros
Preconceito

 

mapa do site
contato