Iniciativa
Coordenação Pedagógica
PRECONCEITO RELIGIOSO | voltar
  • Preconceito religioso
projeto
Preconceito religioso
RESUMO

Quais foram as pessoas entrevistadas? Familiares e amigos dos alunos. Publico entrevistado foi constituído por vários perfis, estudantes, domesticas vendedores e até uma Mãe de Santo. Que dificuldades vocês tiveram? A maior dificuldade foi lidar com a grande rejeição que os alunos demonstraram no início da pesquisa, com relação as religiões de matriz africanas.

Foi interessante observar que, embora os mesmos tenham escolhido falar sobre o preconceito religioso, a maioria não esperava, inicialmente, que a pesquisa fosse discutir temas como Candomblé e Umbanda. O que aprenderam com a pesquisa? Acho que o maior aprendizado que consegui observar em meus alunos foi que, ao final do Projeto, muitos já conseguiam ver as “outras” religiões com outros olhos.

Outra grande conquista, a meu ver, foi que muitos conseguiram exercitar a tolerância e o respeito pelo diferente. No início do projeto, tudo que lembrasse a África era considerado pela maioria como associado a “macumba”, termo que conseguimos desconstruir na cabeça de alguns. Eles não conseguiam nem pronunciar qualquer palavra que estivesse em um idioma africano. Ao final do projeto tivemos uma festividade ligada ao Dia da Consciência Negra em que muitos dos alunos participaram, cantando o Hino da África do Sul. Acredito que tenha sido uma grande vitória.

Vocês planejaram ações a partir dos resultados da pesquisa? Quais? Infelizmente não chegamos a planejar nenhum tipo de ação, principalmente pela correria do final de ano. Mas acredito que como uma primeira experiência, o projeto foi super proveitoso. Pretendo continuar o projeto com as novas turmas em 2012 e espero obter resultados cada vez mais satisfatórios.

O que vocês mais gostaram? O que mais me animou foi a possibilidade de trabalhar diversos temas com os meus aluno, como cidadania, sustentabilidade, relações de gênero, democracia, cultura, e outros. Nem mesmo eu esperava que o projeto fosse se desdobrar em tantos assuntos, aparentemente sem muita conexão com a disciplina de Ciências.

Posso concluir que a experiência com o NEPSO foi extremamente proveitosa, não só para os alunos, mas para mim, enquanto educador.

 
COMENTAR | 
é preciso estar logado para comentar
POLO Rio de Janeiro
ano
2011 (+)
tema
escola
professor
autores
Educação de Jovens e Adultos: 2º Segmento do Ensino Fundamental (+)
disciplina

 

mapa do site
contato