Iniciativa
Coordenao Pedaggica
O PAPEL NO VAI ACABAR! | voltar
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
  • O papel no vai acabar!
projeto
O papel no vai acabar!
DESTAQUE DA PESQUISA

O papel  não vai acabar!

Pesquisa de opinião realizada por educandas e educandos do curso de licenciatura em educação do campo revela a preferência dos alunos desse curso pela leitura em meio impresso.

Os alunos da turma de Língua, Artes e Literatura (LAL) do curso de Licenciatura em Educação do Campo da Faculdade de Educação da UFMG, realizaram, na disciplina Numeramento I, uma pesquisa de opinião com o objetivo de verificar a preferência pela leitura impressa ou digital entre os demais alunos e alunas do referido curso.

Foram entrevistados 60 sujeitos,  homens e mulheres residentes no campo e na cidade com idade a partir de 17 anos.   

A pesquisa constatou  que, para a maioria dos entrevistados, o meio impresso é o mais utilizado e também de maior preferência para a realização de suas leituras. Na  pesquisa foi verificado se os entrevistados tinham acesso a computador, internet, biblioteca e se residem no campo ou na cidade.

Foi observado que a maioria dos entrevistados moram no campo, tem acesso a computador e internet, mas pouco acesso a bibliotecas. Embora, de um modo geral, a pesquisa tenha revelado maior preferência da leitura no meio impresso, é importante destacar que entre os entrevistados do sexo masculino houve maior preferência pelo meio digital.

RESUMO

Pesquisa realizada por estudantes de graduação em Letras, Artes e Literatura do curso de Licenciatura do Campo da UFMG. A disciplina na qual a atividade de pesquisa se insere discute as praticas de letramento marcadas pela cultura da quantificação. Conceitos estatísticos que permeiam o cotidiano das sociedades constituem um dos temas da disciplina.

Nesse contexto foi introduzida a discussão sobre a relevância e os limites das pesquisas de opinião. O tema da pesquisa proposta pela turma reflete a preocupação desses futuros professores de Português, Línguas Estrangeiras, Artes e Literatura com as transformações nos modos de acesso a diferentes manifestações culturais, em particular  aos diversos tipos de texto, com o advento de novas tecnologias da informação.

Por isso, a pesquisa focaliza preferências pelos suportes impressos ou eletrônicos e também as facilidades de acesso e a frequência de utilização deles.

 
COMENTAR | 
preciso estar logado para comentar

 

mapa do site
contato